Tacógrafo digital - DIGI TAC

DIGI TAC RPM II

Última atualização: 09 de Agosto de 2017

DIGI TAC RPM II são 5 instrumentos em um só: Velocímetro, odômetro, relógio horário, tacômetro e tacógrafo digital. Identifica até 3 motoristas através de uma chave eletrônica inviolável e utiliza sinais acústicos e lumínicas dependendo das resoluções vigentes (cumpre com a resolução nº 135/94 da Nação e a lei nº 11768 da Província de Buenos Aires).
É o único com 6 tickets distintos para controle e uma capacidade de memória para registrar evento por evento, entre 20 e 30 dias. Toda informação é retirada e analisada no PC; planilhas, resumos e gráficos até o momento, por viagem ou por dia.

 

Características Gerais

Impressora Epson (opcional)

Emite seis tipos de diferentes tickets, de controle, de viagens, parciais, diários, de programação e de infrações.

Display

Nele se pode visualizar a velocidade, a hora, RPM e os Km percorridos.

Alarme sonoro e visual

Por excessos de velocidade, infrações e excessos de RPM. O alarme visual se ativa ao cometer uma infração.

Registro de eventos

Possui uma memória interna que armazena eventos até 30 dias ou mais, dependendo do uso.

 

Tickets e eventos registrados

  • A emissão de qualquer um dos tickets pode ser finalizada e não apaga a informação armazenada
  • Motor ligado e desligado
  • Numeração correlativa para as viagens sem colocar em zero
  • Indicação de lugar de partida
  • Troca de lugar de partida
  • Troca de motoristas mostrando se foi realizada com o veículo em movimento e em que velocidade
  • Quantidade de Km que fez cada motorista
  • Desconexão do instrumento e duração
  • Excessos de RPM, velocidade, infrações cometidas e tentativa de falsificação
  • Extração de tickets
  • Dirigir veículo por terceiros não autorizados
  • Lugar e duração de cada parada realizada
  • Distância percorrida e tempo consumido em cada viagem
  • Velocidade e RPM máximas alcançadas